Como dividir o tempo para leitura no dia a dia

Olá pessoas lindas!!

Vou descrever para vocês minha meta de Leitura para o mês de Agosto. Nem sempre consigo bater essas metas que eu faço mas ultimamente tenho conseguido levar adiante e bater chegando ao resultado. Eu geralmente leio de 4 a 5 livros por mês. Isso eu faço prestando atenção no objetivo do autor ao transmitir a mensagem que ele quer passar através do texto contido no livro. Essa façanha eu não consegui de uma hora para outra: foram alguns anos de prática até conseguir uma certa velocidade na leitura e a total compreensão. Então se você ainda está iniciando no mundo dos livros e da leitura comece devagar estipule um número menor de publicações para não perder a qualidade da compreensão da leitura.

https://youtu.be/Cd61Xkv3IEQ

Caso não tenha muito tempo para se dedicar a leitura procure dividir os momentos livres para ler. Muita gente costuma ler em ônibus e metrôs. E de acordo com oftalmologistas isso não pode acarretar problema nenhum a visão nem o famoso deslocamento da retina como se costumava acreditar. Porém se não tiver outra opção aproveite o momento da viajem para por em dia suas leituras e caso sinta uma tontura o conselho e que pare, respire um pouco e se voltar a se sentir bem contunue a leitura caso contrario pare e leia em outro momento.

Este mês estou pretendendo ler 5 livros que deixo como dica e são muito cativantes. aqui estão eles:

xQuem é você Alasca do autor John Green

xO Clube de Leitura de Jane Austen da autora Karen Joy Fowler

x De Volta ao Mosteiro do autor James C. Hunter

x O Senhor do Vento do autor Gabriel Requiem

x o que Alice esqueceu da autora Liane Moriarty

Alguns deles são livros físicos e outros são e-books baixados no Kindle. Tenho observado nas redes sociais e em alguns blogs uma certa resistência quanto aos e-books mas minha experiência com o Kindle é bastante satisfatória uma vez que posso leva-lo para todo lugar e não perde a qualidade da obra em questão. então determine um dia e um horário para suas leituras. divida seu tempo e deixe um momento para o lazer com a familia e os amigos o que e de suma importância.

Dany Nunes- Leitura Diária

Livros e Chocolate quente

Em uma de minhas visitas por uma página da internet eu li a pergunta “com que bebida vc gosta de ler?” Claro que minha resposta foi com chocolate quente. É certo que o café nos deixa despertos pra ler sem ter aquela vontade de tirar uma madorna principalmente a noite. Mas eu amo o chocolate quente. A sensação do chocolate derretido no leite quente adocicado é inexplicável.

Além do que deixa a leitura mais agradável com um sabor de quero mais, sem a vontade de largar o livro. Mas se vc ama tomar um café é válido também. O sabor do café e o aroma desta bebida nos desperta e impede que a gente pare a leitura no meio do caminho. É não poderia deixar de compartilhar a receita da minha deliciosa bebida.

O mais importante é tornar o hábito da prazeiroso e com um incentivo a mais alem do bom livro que temos a mão seja ele de ficção, romance, policial, não importa o gênero a ideia é se divertir e fazer deste momento especial.

O livro ” Como ler Livros” nos traz a receita de como ser um leitor ativo e logo no início os autores nos da a receita certa de como não se deve ler. Mas em contato com alguns leitores pude perceber que existem várias formas confortáveis de por a leitura em pratica.

Há aqueles que lêem ouvindo música, outros costumam ler em pleno silêncio e há aqueles que procuram estar perto da natureza ouvindo o som das folhas das árvores e dos pássaros cantando.

Não importa com qual bebida ou de que jeito vc ler. Continue a praticar esse exercício que fortifica a mente e enriquece nosso intelecto.

Dany Nunes – Leitura Diária

O Alquimista – Fábio Olizario.

Eu não escolho os leitores; os textos não são seletivos: o leitor é que deve ser. Por mim, queria que estas crônica aliviassem as dores crônicas das pessoas; que fizessem sorrir quem amanhece ou adormece triste; que fizessem pensar quem acorda e continua sonolento… Que bom se, com um parágrafo, eu pudesse trazer vida aos dias que passam depressa, ou mesmo fazer morrer algumas horas que, às vezes, doem tanto…

Com algumas palavras, queria poder dizer verdades e contar mentiras – o leitor que decidisse entre elas…. Da poesia, apenas alguns suspiros; dos emotivos, uma lágrima escondida; dos efusivos, um sorriso largo e gargalhadas fartas no metrô, ou no ônibus, cheio de pessoas com suas cargas!

Gosto de saudades, inclusive das cargas que trazem. Queria que os textos aflorassem reminiscências, memórias que são minhas – e coletivas também!. Quando saudade e tempo se misturam, surgem as melhores recordações. Não, senhor filósofo de botequim, jamais temos “saudade do que ainda não vivemos” – isso se chama expectativa!… Saudade é coisa séria, é palavra que nem possui tradução em outro idioma; é sentimento que, quem inventou, ou não conhecia distancias – ou não sofria com elas!

Acho que as palavras, como num processo alquímico, misturando e se transformando, viram textos. Bom mesmo é quando tudo combina, tipo recita de confeitaria: a farinha, a manteiga, o sal, o açúcar, tudo na medida certa… Mas sempre tem aquele, de paladar mais ácido, que reclama, ou sente falta, das raspinhas de limão…

O texto não são fáceis, nem simples; nem sempre dá certo na primeira tentativa; afina, “tem dia que não é dia”… Bom mesmo é que a gente pode tentar de novo mais tarde, reler amanhã – quem sabe de noite…

Claude Monet pintava o mesmo monte de feno, várias vezes, da mesma posição, mas em diferentes momentos do dia… Dez minutos mudam tudo! Respire, tente de novo…
A alquimia da vida é esse turbilhão de sentimentos!
Fábio Olizário

Como devemos ler?

Oi pessoas lindas. Esta e uma questão um tanto complexa. Como devemos ler? Já tive contato com vários tipos de leitores. Existe aquele que lê palavra por palavra, existe aquele um pouco mais veloz mas que não altera nada sua qualidade na compreensão da leitura e existe o intermediário nem tão devagar nem tão veloz.

Vou confessar pra vocês já fiz um curso de leitura dinâmica pra me ajudar nos textos e seminários da faculdade. Mas pra saborear um romance ou um livro com uma história interessante eu vou devagar como a Autora Francine Prose indica no seu livro “Para Ler como um escritor”.

Outro livro não menos importante que quero indicar é o Como ler livros do autor Mortimer J. Adler e Charles Van Doren. São os mais específicos na questão de orientar como o leitor deve se portar diante de uma obra literária. São dicas preciosas hein gente?

Mas como eu gosto de saber como se faz e sempre fui curiosa tenho na minha lista de leituras outros livros que analisarei seus conteúdos. Caso você ache necessário fazer um curso de leitura dinâmica existem vários mas o que eu fiz e deu um excelente resultado foi o do Renato Alves.

Mas não acho necessário uma vez que a prática leva a perfeição. E com o tempo essa velocidade aumenta sem prejudicar a compreensão do texto ou do livro lido. Claro que aqueles que mais nos prende a atenção são os que mais rápido lemos.

A leituta, e parece clichê o que vou falar, além de nos dar uma visão mais ampliada do mundo que vivemos e da história nos proporciona um vocabulário e uma escrita mais rebuscada e com menos erros ortográficos. Por isso é importante determinar de que modo você começará as suas leituras. Um beijo açucarado e um abraço bem apertado.

Dany Nunes – Leitura Diária

Como dar prioridade ao que te dá prazer.

Olá leitores do blog. Vou explicar pra vocês como escolho minhas leituras os livros e artigos que leio e faço as resenha ou as citações que posto no Instagram. Inclusive quero convidar todo mundo a me seguir por lá.

Primeiro eu faço sempre um cronograma pra dividir os géneros literários que me são interessantes. Por exemplo: se eu leio um romance paralelo a ele eu leio um livro de gênero diferente sempre intercalando e marcando os dias para cada livro.

Outra coisa que ainda não consegui determinar são os dias para postagens no blog nem ainda gravar os vídeos para o canal mas em breve estarei cumprindo uma agenda para isso.

Quanto ao tipo de livro eu gosto de ler varia muito porque não vejo muita diferença entre um livro físico e um e-book. Mas estou sempre intercalando os dois tipos de livro porque gosto de ler antes de dormir e meu kindle me ajuda bastante neste sentido.

Eu sempre tenho a mão um caderno pra escrever as citações dos livros físicos porque não gosto de risca-los. Já o kindle tem a opção de marcar os trechos que eu acho Interessante pra depois postar.

Estou tentando trabalhar o canal pra poder interagir com todo mundo e para que possam me conhecer melhor. Fica a dica dê sempre prioridade ao que vai te trazer maiores benefícios pessoais. Façam sempre o que dá prazer.

“Quanto mais importante seu queijo é pra você, menos você deseja abrir mão dele” Spencer Jonson

Dany Nunes – Leitura Diária